Artes Gráficas com Softwares Livres

 

Se você não pode pagar centenas ou milhares de reais por uma licença de programa gráfico, se você não quer depender de técnico em informática para instalar seus próprios programas ou cansou de estar na ilegalidade dos programas piratas, aqui apresento algumas soluções poderosas de programas livres, em português e independente de sistema, para a produção gráfica.

logos-gimp-krita-inkscape-scribus-blender
Gimp – Krita – Inkscape – Scribus – Blender

GIMP (GNU Image Manipulation Program) é voltado principalmente para criação e edição de imagens bitmap, seja desenho gráfico, ilustração ou fotografia. Apesar de ainda não possuir suporte nativo ao modo CMYK e não incluir licenças para as cores Pantone [1], ele possui interação com muitas linguagens de programação, o que possibilitou, junto com seu código aberto, ostentar um grande número de extensões e ferramentas produzidas pela comunidade nesses seus 20 anos de existência.

Para aprender o básico ou se aperfeiçoar, recomendo o sítio e o canal de vídeos da comunidade Gimp Brasil.

 

Krita (“lápis” em sueco) é uma poderosa ferramenta para criação de ilustração, arte conceitual, história em quadrinhos, retoques e manipulação de fotografia, conversor de formatos, suportando vários modelos de cores e pintura HDR. Dentre os recursos, podemos destacar o de esquema de cores RGBA, Cinza, CMYK, Direito, YCbCr, XYZ em 8 bits inteiro, 16 bits inteiro, 16 bits de ponto flutuante, 32 bits de ponto flutuante, profundidade de 8 a 32 bits em cada canal, layers pseudo infinito, gestão de cores, transparência avvid customizada, filtro de equilíbrio de cores e ferramentas de clone para camadas bases [2].

Não existe uma comunidade brasileira como os demais da lista, mas pode pesquisar uns vídeos na rede, como por exemplo no canal Krita.

 

Inkscape trabalha com edição de nós, transparência, anti-aliasing, textos, degradês, vetorização, múltiplas camadas e todos os recursos necessários para desenho vetorial. Um diferencial é o uso nativo do formato Scalable Vectorial Graphics (SVG), um standard W3C baseado no standard XML [3]. O programa suporta muitos formatos de arquivos e é rico em extensões.

Na página oficial tem um tutorial em português, bom para começar. Na comunidade brasileira Inkscape Brasil você pode encontrar suporte, tutoriais e extensões.

 

Scribus é um aplicativo de editoração eletrônica que também pode criar apresentações e formulários PDF animados e interativos. Os exemplos de uso incluem revistas, jornais, brochuras, cartazes, livros e manuais. Ele suporta uma grande quantidade de formatos gráficos, além do SVG. Também oferece recursos profissionais como CMYK, gerenciamento de perfis ICC e cores por separação (spot colors) [4].

Existe uma documentação oficial online em português.

 

Blender é usado para modelagem, animação, texturização, composição, renderização, edição de vídeo e criação de aplicações interativas em 3D, tais como jogos, apresentações e outros, através de seu motor de jogo integrado. O Blender implementa ferramentas como: dinâmica de corpo rígido, dinâmica de corpo macio e dinâmica de fluidos, ferramentas de modelagem baseadas em modificadores, ferramentas de animação de personagens, um sistema de composição baseado em “nós” de texturas, cenas e imagens, e um editor de imagem e vídeo, com suporte a pós-produção. O Blender possui seu próprio renderizador embutido, porém há vários renderizadores que são compatíveis com o Blender e, podem substituir/auxiliar o renderizador padrão. Dentre eles, o YafaRay, LuxRender e Aqsis, que são recomendados pela Blender Foundation, Indigo e Kerkythea são os renderizadores compatíveis com o Blender mais populares [5].

O Blender possui uma comunidade de usuários bem ativa. Recomendo os vídeos da Blender Power e brBlender.

 

Mais tutoriais e vídeo aulas:

 

Grupo no mensageiro Actor:

 

Correlação dos programas:

Livre

Proprietário

GIMP [GPLv3], Krita [GPLv2]

Adobe Photoshop, Corel PhotoPaint

Inkscape [GPLv2]

Adobe Illustrator, Corel Draw

Scribus [GPL]

Adobe Indesign, Microsoft Publisher, QuarkXPress

Blender [Blender/GPLv3]

3ds Max, LightWave, Maya, Rhino3D, ZBrush

Fontes Wikipédia: 1, 2, 3, 4, 5.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s